Cineteatro São Luiz celebra Dia da Cultura com programação virtual neste domingo (01/11)

01/11/2020

Em celebração ao Dia da Cultura, o Cineteatro São Luiz apresenta, logo mais às 16 horas, o espetáculo virtual "O Babauzeiro" da Companhia Carroça de Mamulengos. Na sequência, às 16h40, será exibido o "Reisado do Cariri: Cantigas, Histórias e Memórias", e às 17h20 "Entre Mestres: Reisado do Garajau - Guerreiros de Jorge". Esses três projetos foram selecionados na Convocatória Arte em Rede e as atividades terminam com a exibição do quinto episódio do "Cena São Luiz", intitulado "Corpo e Movimento" e que traz: entrevista exclusiva com Rosa Primo e Hugo Bianchi sobre o universo da dança, trechos do show inédito de Luiza Nobel (que estreia no dia 8/11), espetáculo também inédito "De Las Entrañas" inspirado na obra do cineasta Pedro Almodóvar e a história de Eduardo com sua arte "Show da Vida". O acesso é gratuito e para acompanhar a programação basta acessar o site (www.cineteatrosaoluiz.com.br) ou o canal de YouTube do São Luiz. Simbora ?

Serviço:
Programação especial alusiva ao Dia da Cultura
Data: 01/11/2020
Horário: 16 às 19 horas
Acesso virtual e gratuito através do site (https://www.cineteatrosaoluiz.com.br/) e canal de YouTube (https://www.youtube.com/c/CineteatroSãoLuizFortaleza) do Cineteatro.

Programação:
O Babauzeiro
O espetáculo de aproximadamente 40 minutos, e que abre a programação do dia, tem comunicação direta com o público, ressaltando a inventividade do bonequeiro que sozinho oferece vida e voz a todos os personagens. A brincadeira é acompanhada por um grupo musical popularmente chamado de "regional", que toca sanfona, pífano, zabumba, pandeiro, triângulo e ganzás.

Nessa apresentação, Carlos Gomide revive o mamulengo, dando vida a bonecos que foram recebidos das mãos de mestres desse folguedo. Terno é o nome que se dá ao conjunto de bonecos que formam a brincadeira.

Reisados do Cariri
A segunda atividade a integrar a programação tem aproximadamente 35 minutos, é uma proposta de fomento e divulgação das culturas populares cearenses de tradição oral. Um passeio, cantado e contado, pela brincadeira dos Reisados, em especial o Reisado de Congo, com suas cantigas, histórias e memórias, tecendo caminhos que possibilitam uma melhor e maior compreensão das matrizes étnicas, estéticas e culturais, constitutivas das identidades cearenses, nordestinas e brasileiras.

Reisado do Garajau
O vídeo de 12 minutos revisita a última apresentação do Reisado do Garajau, construindo um paralelo entre o repasse de saberes pelo Mestre Mario Jorge Maninho aos seus brincante e guerreiros, e como essa manifestação se perpetua até hoje. O Reisado possui quinze anos de existência na cidade de Maracanaú e este trabalho também é uma homenagem ao Mestre Maninho, que faleceu em outubro de 2019.

Cena São Luiz
O quarto episódio da revista em formato de Web TV do Cineteatro tem como tema "Corpo e Movimento" e traz, nesta edição, entrevistas, show e espetáculos inéditos. Dois grandes dançarinos cearenses refletem sobre os caminhos da dança em suas vidas. São eles: Rosa Primo, bailarina e pesquisadora de dança pela Universidade Federal do Ceará (UFC) e Hugo Bianchi, bailarino e pioneiro da dança no estado.

No bloco "Dentro do Som", exibição de trechos do show "Preta Punk" de Luiza Nobel: uma construção dramatúrgica das vivências e urgências da artista relacionadas a aceitação do corpo, relações amorosas e suas reflexões enquanto mulher preta. O show, na íntegra, vai ao ar pelos canais no Cineteatro no dia 08 de novembro.

Inspirado na obra do cineasta Pedro Almodóvar, o espetáculo dançante "De Las Entrañas" de Alda Pessoa, fala de uma personagem plural, versátil e profunda que revela relações com outros, com o espaço e com os objetos, corporificando conflitos, instabilidades e emoções. A trama se desenvolve dentro desse arcabouço sentimental e estético de exageros, desejos, dores e paixões.

Ainda neste episódio, o bloco "Cultura da Praça" recebe Eduardo e seu espetáculo Show da Vida. Eduardo, nascido no interior da Bahia, teve complicações com paralisia infantil e tornou-se cadeirante. Hoje, com seus 50 e poucos anos, dá um verdadeiro show de força e bom humor, fazendo acrobacias em sua cadeira de rodas e quebrando cocos das formas mais inusitadas.

Esta edição do Cena São Luiz tem correalização da Fundação dos Amigos do Theatro José de Alencar, é apoiado pela Secretaria Estadual da Cultura - Lei nº13.811, de 16 de agosto de 2006, e faz parte das atividades de comemoração do equipamento pelos seus cinco anos de reabertura.